Reuniões em excesso, informações desencontradas e alterações de última hora em processos já em andamento. Quem nunca viveu – e ainda vive – esse tipo de experiência no dia a dia? São os famosos ladrões da produtividade, que só consomem a nossa energia em vez de contribuir para um resultado mais rápido e positivo.