Tecnologia da Informação: fundamental como nunca

A TI nas empresas é um fato mais do que consolidado. Hoje, é impossível pensar em administrar um negócios sem um sistema de gestão, até porque quase nada funciona sem o uso de tecnologia. Mas será que todo tipo de solução é adequada à sua empresa? Como operá-la da melhor forma? Como escolher o que serve e o que não serve para sua gestão?

Nem sempre investimentos altíssimos, por exemplo, são a chave para uma real vantagem competitiva. O uso inteligente da TI, de forma estratégica, é o que realmente irá concretizar ações efetivas a favor da lucratividade, competitividade, atendimento de excelência e da própria organização empresarial. É aí que entra o ERP, um dos recursos tecnológicos mais eficientes no dia a dia dos negócios.
 

Por dentro do ERP

 
O Enterprise Resource Planning – ERP – é, como o próprio nome sugere, um software desenvolvido para o planejamento dos recursos de uma companhia. Trata-se de um sistema de informática criado para cuidar de todas as operações diárias da empresa, como compras, fluxo de caixa, faturamento, impostos, gerenciamento de estoque, entre outras. Ou seja, todo o trabalho administrativo e operacional feito numa empresa pode e deve contar com o apoio de um bom ERP.

Esse software costuma ser dividido, na maioria das vezes, em três camadas:
– Aplicação, que contempla as suas funcionalidades, os processos, cadastros e demais dados para a operação da empresa;
– Banco de dados, que armazena os dados gerados na camada de aplicação de forma lógica;
– Framework, camada em que é possível configurar o sistema e também customizar seu ERP de acordo com as suas necessidades. Para isso, é necessária uma camada de construção de novo código-fonte e sua compilação, para que novas funcionalidades fora do padrão passem a estar disponíveis.

 

Conhecimento para uma escolha certeira

 
Como dissemos antes, a tecnologia é parceira fundamental das empresas, mas requer
conhecimento para se coletar, trabalhar, interpretar e gerenciar esse recurso. Apenas a partir dessa inteligência será possível obter o domínio dessas ferramentas e escolher aquelas que realmente se encaixam nas suas necessidades.

No caso de um ERP, a escolha do software ideal fará toda a diferença no resultado final da sua gestão. Para isso, alguns fatores precisam ser considerados, como o fornecedor da ferramenta, custos, processo de implantação, qualidade do suporte técnico, facilidade operacional, aproveitamento do hardware, potencial de crescimento e, claro, a qualidade do sistema como um todo.

Ainda que compreensível, muitas empresas, especialmente as iniciantes, acabam por privilegiar apenas o preço no ato da implantação de um ERP, o que pode ser uma estratégia muito arriscada. Com o passar do tempo, a confiabilidade do fornecedor e a qualidade do produto, sem dúvida, se tornarão mais relevantes no seu uso diário.

 

Privilegie o que interessa e colha bons frutos

 
Concluindo, de nada adianta recorrer a recursos tecnológicos para se conquistar produtividade e lucro sem um fornecedor confiável. Por isso, esse parceiro deve oferecer estrutura e qualidade no suporte técnico aos usuários, aliados a experiência dentro do mercado. Assim, você também ganhará em custo-benefício ao longo do tempo.

Outro fator importante é a solidez do fornecedor, já que softwares estão sempre em processo de melhoria, e você não vai querer pagar por um produto ou serviço que logo estarão ultrapassados. Dessa forma, busque um parceiro que garanta a atualização contínua e o crescimento do sistema adquirido, o que lhe dará a garantia de poder utilizá-lo por mais tempo e de obter o melhor retorno do capital nele investido.

Feito isso, basta aproveitar todas as funcionalidades de uma tecnologia ágil e eficiente, que trabalha não apenas a favor da sua empresa, mas também do seu cliente. Afinal, ela opera de forma a privilegiar a redução de custos, alocação inteligente de recursos, racionalização de processos, produtividade e redução de tempo.

 
Transforme a rotina da sua gestão com um ERP ideal para sua empresa. Afinal, neste universo ditado pelo ritmo digital, reinventar-se é tarefa diária e obrigatória.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

86 + = 87