fbpx

Como desenvolver a cultura da qualidade na sua empresa?

Como desenvolver a cultura da qualidade na sua empresa?

A cultura da qualidade é um conjunto de valores que orienta as práticas de trabalho diárias, mantém a equipe unida, revela as ideias da empresa e gera resultados positivos.

O objetivo de se implementar uma cultura da qualidade está em melhorar a competitividade, a eficácia e a flexibilidade da empresa, por meio de planejamento, organização e compreensão de cada etapa do processo.

Qualidade da Cultura

A cultura de uma organização é composta de muitas variáveis: formas de interagir, rituais, estruturas de trabalho, mecanismos de controle, entre outros.

A cultura da qualidade nasceu nas linhas de produção, sob a perspectiva de que todos da empresa – não apenas os controladores -, são responsáveis pela qualidade. Neste sentido, cada trabalhador ou equipe é como um cliente e fornecedor dos demais.

Deste modo, colaboradores da mesma empresa formam uma cadeia de clientes e fornecedores internos, o que reduz a necessidade de verificação do produto final – visto que isso é feito em diversas etapas ao longo da produção.

O termo cultura da qualidade cresceu e se expandiu para diversas áreas de negócio e até mesmo universidades. Assim, a preocupação com a qualidade passa a ser uma política institucional.

Acadêmicos e administradores concordam que o conceito refere-se à necessidade de um sistema de monitoramento de qualidade para garantir responsabilidade, conformidade e melhoria. Porém, sem burocracia.

Mas não se engane! Não existe definição exata ou fórmula, apenas chaves que abrem diferentes portas para que a empresa e suas equipes trabalhem com a finalidade de alcançar qualidade em todas as etapas.

Alguns profissionais chegam a ressaltar que a cultura da qualidade não existe, mas, sim, a qualidade da cultura dentro de uma empresa. Por esta razão, basta trabalhar a partir das responsabilidades e em benefício de uma mentalidade dos colaboradores que seja condizente com os objetivos da gestão. 

Isso ocorre porque a cultura empresarial acontece independentemente do gestor. Ela é o conjunto dos valores, hábitos e crenças que são compartilhados pelos integrantes de uma organização. 

Deixar que essa cultura se estabeleça por si mesma, não é a melhor opção. Missão, valores e objetivos precisam ser definidos e todos devem ter clareza sobre eles.

Filosofia da qualidade: Vantagens 

Quando falamos em cultura da qualidade, o que vem à tona é a criação intencional de uma cultura dentro da empresa, em que todas as atividades são entendidas e realizadas, de funcionários a fornecedores e clientes.

Quando a empresa vivencia uma cultura forte, todos têm certeza sobre as políticas internas e externas. Cria-se um ambiente propício para boas práticas e comportamentos, tais como a resiliência, a capacidade de se adaptar às mudanças, superar obstáculos e resistir ao estresse de situações inesperadas. 

As vantagens dentro das equipes são:

  • Aumento de produtividade – equipes capacitadas atingem melhores resultados com os recursos disponíveis, minimizando erros e evitando retrabalho;
  • Alinhamento e colaboração – processos avançam com mais fluidez e em sincronia com os objetivos almejados, além de promover sinergia e engajamento entre o time;
  • Valor agregado – processos planejados e bem conduzidos trazem mais valor ao produto final e, consequentemente, para a imagem da empresa. 

Abrindo as portas: 7 chaves para aplicar a cultura da qualidade

Cada empresa tem suas próprias características e demandas, mas existem algumas chaves que vão ajudar no processo de implantação de uma cultura da qualidade. Veja quais:

  1. Defina a missão e os valores da empresa

Uma cultura corporativa estruturada sobre valores de justiça e de compartilhamento de ideais, cria um clima organizacional melhor e mais motivador. Por isso, organize a missão e os valores da empresa e divulgue esse pensamento para todos;

  1. Busque qualidade, conformidade/padronização

Enquanto a qualidade tem a ver com excelência, a conformidade relaciona-se com a amplitude. Ambos os conceitos precisam andar de mãos dadas. Isso significa que tudo o que for entregue ao cliente precisa passar por processos que garantam a qualidade – ela deve ser a regra e não a exceção; 

  1. Implemente controladorias e fiscalizações

É importante criar procedimentos que garantam a fiscalização das etapas e que esta seja documentada. Isso permite dimensionamento e torna a qualidade repetível; 

  1. Comunique-se com equipes e reguladores/fiscais

Os reguladores, ou fiscais, estão sempre procurando riscos em suas operações. Ao trabalhar em conjunto com eles, você certifica-se de que todo processo irá estar o mais correto possível. Também é importante ter um plano de comunicação interna para garantir que todos os colaboradores estejam por dentro das demandas, regras e processos da empresa;

  1. Treine funcionários para a cultura da qualidade

É preciso considerar que boa parte das informações que aprendemos em cursos são rapidamente esquecidas. Por isso, o treinamento precisa ser bem pensado para gerar um valor no trabalho do colaborador. O treinamento é um investimento valioso e deve incluir a cultura da empresa; 

  1. Realize e busque feedbacks 

Solicitar o feedback do consumidor final é uma ótima maneira de aprimorar sua cultura da qualidade. Também é importante fornecer feedback para colaboradores e fornecedores. Assim, a informação em prol da qualidade estará em constante retroalimentação;

  1. Use um sistema de gestão de acordo com a sua necessidade

Uma cultura da qualidade depende muito da eficácia do sistema que você usará para gerenciá-la. É preciso ter a base certa, infraestrutura e ferramentas para supervisionar os processos. O software de gestão deve corresponder às necessidades da empresa, para que não seja muito “pesado” para as operações do dia a dia, nem “fraco”, de maneira que não suporte as necessidades da empresa.

Sistema de gestão: Gerenciamento de equipes 

Todos os processos para se implementar uma cultura da qualidade podem se beneficiar de um sistema integrado de gestão. Com um ERP é possível registrar e supervisionar diversos processos, da linha de produção ao relacionamento com o cliente. 

Mais que isso, é possível gerir equipes. Afinal, são as pessoas as responsáveis em tornar a cultura da qualidade algo real dentro das empresas.

Compartilhar

Artigos Relacionados

Fale com nossos especialistas e confira os diferenciais da DEAK

Cadastro Positivo

Avalie com precisão o crédito de seus clientes

Planilha de Controle de Estoque

Inscreva-se em nossa newsletter

Cadastre-se e receba conteúdos inéditos sobre Gestão